No total, estes contribuintes declararam ter recebido 2.194 milhões de euros em rendimentos prediais em 2018. Os dados estatísticos são da Autoridade Tributária. 

 

 

 
 

O número de contribuintes que declarou no IRS ter recebido rendimentos de rendas em 2018 ascendeu a 769.110, crescendo 30,3% face aos 590.120 que o fizeram relativamente ao ano anterior. A subida destes contribuintes foi acompanhada pelo valor que declararam e que, segundo indicam os dados estatísticos do IRS de 2018 (cuja declaração foi entregue em 2019) agora divulgados pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), avançou 13,2%.

No total, estes contribuintes declararam ter recebido 2.194 milhões de euros em rendimentos prediais, sendo esta a primeira vez desde, pelo menos, 2005 que o valor supera a fasquia dos dois mil milhões de euros. Os dados indicam que no IRS de 2016 foram declarados 1.775 milhões de euros em rendimentos prediais (Categoria F), tendo o valor subido para os 1.939 milhões de euros no ano seguinte.

Estes valores correspondem apenas às rendas que os contribuintes decidem englobar ao restante rendimento, excluindo por isso as que são sujeitas à taxa de 28%. Esta subida estará relacionada com o aumento dos preços das rendas praticado no mercado e também com o facto de haver cada vez mais senhorios a optar pelo englobamento.

Recorde-se que a partir de 2013 estes rendimentos deixaram de ser obrigatoriamente englobados aos restantes e passaram a ser tributados autonomamente à taxa especial de 28%, com opção pelo englobamento.