As pequenas transformações podem fazer milagres não só nos espaços, como no nosso estado de espírito

 

Ainda que confinados em casa, nada nos impede de renovar, melhorar ou reinventar cada espaço. Por vezes, uma pequena transformação, como a alteração de um detalhe de cor ou a escolha da peça mais adequada para determinada divisão, pode convidar-nos a emoções mais positivas, mais agradáveis e transformadoras, ajudando a criar ambientes de decoração que alinham a estética com o bem-estar. A pensar nisso, e com a ajuda da home stylist Rita Montenegro, a PPG Dyrup apresenta cinco sugestões de 'moods' coloridos para esta estação, perfeitos para motivar as melhores sensações.
Se ainda não sentiste bem a Primavera este ano, ainda vais mais do que a tempo, com estas dicas.
“Em casa temos muitas vezes grande parte do que é necessário para promover estas pequenas transformações, que podem fazer verdadeiros milagres no nosso estado de espírito, bastando para isso escolher a cor certa e combiná-la com os objetos que melhor vão ajudar a trilhar esse caminho”, lê-se no comunicado enviado às redações.
Deixamos-te de seguido os cinco 'moods' de cor sugeridos pela marca e o que cada uma delas poderá transmitir.

Vermelho – interação, intensidade 
Com temperamento, o vermelho é uma cor para os mais arrojados, ideal para a cozinha ou uma sala de jantar. A sua intensidade estimula o convívio e a conversa, não sendo, portanto, adequada a espaços onde se pretende descansar. Além das toalhas, panos, loiça ou até um livro de receitas, Rita Montenegro sugere uma ideia ainda mais original e natural: por que não usar a comida? Tomates ou maçãs numa taça ou jarro são um bonito apontamento desta cor. 

Verde – natureza, equilíbrio


Sem dúvida que o verde nos remete para elementos naturais como jardins, florestas ou um prado de perder de vista. Algo tão harmonioso é ideal para o quarto ou para a sala daqueles que amam a natureza e querem transportá-la para o ambiente de sua casa. Almofadas ou uma manta são formas simples de trazer este tom a qualquer um destes espaços, que combinado com o elemento natural das plantas, pode criar uma envolvente de serenidade e equilíbrio. Apostar num vaso bonito com uma planta de folhas longas ou até colocar folhas secas de eucalipto numa jarra de vidro são algumas das sugestões de Rita Montenegro para este ambiente. A utilização de revistas e livros, velas e jogos de cama desta cor são outras ideias a considerar e, até, quem sabe uma tela nestes tons, pintada em família durante a quarentena.

Amarelo – Energia, felicidade

 



Dificilmente há cor mais “feliz” do que o amarelo. No entanto, esta é uma cor muito forte, que deve ser usada como apontamento, seja numa parede ou em alguns elementos decorativos, sendo mais indicada para espaços como a cozinha ou a casa de banho, onde não carrega demasiado o ambiente. “Umas almofadas com cor, uma citrina carregada de limões no balcão da nossa cozinha, um conjunto de toalhas amarelo, uma vela ou um cesto na casa de banho” são alguns elementos que a home stylish Rita Montenegro sugere para alegrar estas zonas da casa, sem grande esforço.

Rosa – amor, calma


Calma é também um sentimento que todos temos procurado ao longo destes dias mais focados nas nossas casas. Sendo a cor do amor, é naturalmente ideal para um quarto acolhedor e é bastante fácil de concretizar, através de objetos de cor como a roupa de cama, flores ou até, quem sabe, com copos ou jarras nestes tons que temos guardados sem lhes dar uso e que, aqui, vão ganhar uma nova vida. Mas o rosa é também uma cor que confere um ambiente relaxante aos espaços de banho, conseguindo-se essa emoção através da combinação de toalhas, tapetes ou aproveitando as velas aqui também.

Azul – serenidade, produtividade


O azul é a cor que mais consenso reúne: é difícil de alguém não gostar. É uma cor que tem efeitos positivos e diferentes, consoante os diferentes tons e conjugações: pode criar um espaço de serenidade, ideal para quartos e salas, mas também aumentar a produtividade, com tons muito apreciados nas zonas de trabalho. Assim, além da possibilidade de pintar uma parede do quarto ou do escritório num tom de azul, é possível ainda criar um ambiente sereno ou produtivo, com alguns apontamentos de cor. Colchas, almofadas ou velas, permitem criar espaços mais acolhedores e relaxantes. Caso esteja em teletrabalho, a aposta em elementos azuis no espaço profissional pode ser uma boa opção. A home stylist Rita Montenegro mostra no Instagram como fazer esta pequena transformação, adequando os melhores tons e objetos às suas necessidades emocionais.

 



Na IBC encontrará uma nova imobiliária, forte nos valores, competente nas tarefas, com imagem renovada que a fará atingir uma nova era no mercado imobiliário. Venha visitar connosco os apartamentos e moradias com que sempre sonhou.